• Em todo portal
  • Em Relação com Investidores

Notícias Corporativas

  • Visualizar por período:
  •  
  • 7/4/2016 |
Santos Brasil reforça compromisso com a competitividade de seus clientes por meio de eficiência oper

Líder e referência no mercado brasileiro de operação portuária de contêineres, a Santos Brasil mostra que é possível atingir altos níveis de excelência operacional com ganhos ambientais e a baixo custo. Juntos, os três conceitos fazem parte da estratégia da empresa para continuar entregando competitividade a seus clientes. "Nossos clientes estão pressionados a atingir melhores resultados a baixo custo e entendemos que isso pode ser feito por meio de excelência operacional e com consequente desempenho ambiental", destaca Antonio Carlos Sepúlveda, diretor-presidente da Santos Brasil.

Os dados recém-divulgados no relatório anual de sustentabilidade da Companhia mostram que eliminar movimentos desnecessários e reduzir o consumo de combustível ou energia elétrica a cada contêiner movimentado trazem ganhos operacionais e também ao meio ambiente. Enquanto ao longo de 2015, a Santos Brasil manteve sua produtividade média acima dos 110 MPH no Tecon Santos, a empresa fechou o período com uma redução de 10% nas emissões de CO² por TEU movimentado em sua principal operação. O consumo médio de litros por contêiner movimentado caiu 14% de 2014 para 2015, reduzindo os custos por movimentação e promovendo a melhora na ecoeficiência da operação.

Os esforços de redução de emissões atendem ao chamado do planeta e de toda a cadeia logística. "Apesar de representarem menos de 1% das emissões de CO² na cadeia de transporte marítimo, os terminais precisam fazer a sua parte. E isso não significa aumentar custo, pelo contrário. A redução do consumo de energia e combustível por unidade movimentada também possibilita atingir a excelência no desempenho operacional e traz ganhos reais para o meio ambiente, para a Companhia e para seus clientes", reforça Sepúlveda.

No principal projeto da empresa - a ampliação e modernização do Tecon Santos, aprovada em outubro último pela Secretaria de Portos (SEP) -, o conceito de terminal verde será levado em consideração desde os cuidados com as obras civis até a aquisição de equipamentos elétricos e menos poluentes.

O compromisso da empresa com a redução de emissões de CO² ao meio ambiente foi formalmente estabelecido em 2012, quando a Companhia definiu sua estratégia de Sustentabilidade. Desde então, diversas iniciativas foram realizadas. Dentre elas, pode-se destacar o Programa Frota Verde, que, desde 2014, registra redução da emissão de gases de efeito estufa de aproximadamente 11% por Km rodado. A companhia conta ainda com uma eficiente gestão de resíduos e investe continuamente em melhoria de processos.

<#...#

  •  
  • 21/3/2016 |
Santos Brasil fecha 4T15 com crescimento de 13% em contêineres movimentados
A Santos Brasil encerrou o quarto trimestre de 2015 com

crescimento de 13% no volume operado e total de 247.412 contêineres
movimentados em seus três terminais - Santos (SP), Imbituba (SC) e
Vila do Conde (PA).

No Tecon Santos, o maior e mais eficiente terminal de contêineres
da América do Sul, foram movimentados 230.101 contêineres no 4T15,
volume que supera em 13,7% o registrado no 4T14. O resultado é
reflexo de novos serviços de navegação que atuam nas rotas para a
costa oeste da América do Sul e África, respectivamente. Em 2015, o
market share da empresa no porto de Santos ficou em 34,7%.

O Tecon Imbituba movimentou 6.395 contêineres no 4T15 - aumento de
13,6% em relação ao mesmo período de 2014. As operações de
cabotagem apresentaram crescimento de 62% no 4T15 e de 76,1% no
ano. O terminal de carga geral de Imbituba fechou 2015 com evolução
de 128,9% e total de 149.045 toneladas movimentadas. Já o Tecon
Vila do Conde registrou crescimento de 18,1% no ano.

No mix de serviços da Santos Brasil, as operações de cabotagem
atingiram 24% do total movimentado no 4T15. As operações de
transbordo tiveram sua participação reduzida e foram responsáveis
por 31,2% do total movimentado no último trimestre do ano. No
acumulado, este índice foi de 31,9% em 2015 contra 29,2% em 2014. O
mix de contêineres cheio-vazio obteve recuperação no trimestre e
contabilizou 79,5% de cheios no 4T15 e 76,9% em 2015 ante 73,9% no
4T14 e 73,5% em 2014.

O Terminal de Veículos (TEV) apresentou performance positiva de
38,2% no 4T15 com total de 62.488 unidades movimentadas, sendo
94,7% de veículos leves (92,9% no 4T14). O mix de veículos
movimentados pelo TEV também voltou a registrar crescimento na
participação do fluxo de exportação, que, no 4T15, foi composto por
86,1% do total ante 57,7% no mesmo período de 2014. No ano de 2015,
o crescimento acumulado do TEV foi de 10,7%.

No segmento de Logística, a companhia teve redução de 41,1% do
total de contêineres armazenados no 4T15. A queda advém do aumento
da oferta de área disponível na zona primária e da redução da
atividade econômica nacional e consequente diminuição de
contêineres de importação.

Indicadores financeiros
A receita líquida consolidaza ajustada da Santos Brasil
totalizou R$ 210,1 milhões no 4T15, com queda de 1,1% em relação
aos R$ 212,4 milhões registrados no 4T14. Já a receita líquida
recorrente no trimestre foi de R$ 215,7 milhões, ou seja, 1,6%
acima da contabilizada no 4T14. No acumulado do ano, a redução foi
de 9,3% se comparada a 2014 com total de R$ 910,4 milhões. A
receita bruta dos serviços de operações de cais cresceu 13,5% no
4T15 e 7,3% no acumulado do ano, incluindo o montante referente à
reversão da provisão ocorrida no 1T15.

O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e
amortização) do 4T15 ajustado para efeitos não recorrentes foi de
R$ 37,3 milhões com margem de 17,6%. Em 2015, o EBITDA ajustado foi
de R$ 195,8 milhões com margem de 21,7%. A Santos Brasil também
fechou o ano com um saldo de caixa de R$ 226,1 milhões e dívida
líquida de R$ 113,5 milhões, equivalente a 0,8 vezes o EBITDA dos
últimos 12 meses.

Empresa

A Santos Brasil é uma prestadora de serviços portuários e logísticos do Porto à Porta. Referência na operação de contêineres, a empresa opera o Tecon Santos e o Terminal de Veículos (TEV), no Porto de Santos (SP), além dos terminais em Vila do Conde (PA) e em Imbituba (SC), onde também está localizado o Terminal de Carga Geral. Conta ainda com a Santos Brasil Logística, que atua de forma integrada aos terminais, viabilizando o atendimento aos clientes de diversos segmentos, em todas as etapas da cadeia logística.

 

Código de Conduta

Conheça o Código de Conduta da Santos Brasil.

 
Retornar ao Menu
_
Aperte ( Esc ) para sair.